English Spanish Portuguese French

 

Ligação em linha do programa da conferência de ASWAD 2017

 

Programa 2017 final de ASWAD Sevilha Mapa do local de encontro

 

Registo

 

Chamada para Artigos
(Prazo prorrogado até 17 de março de 2017)

Associação para o Estudo da Diáspora Africana no Mundo
9a Conferência Bienal
Organizada pela Universidade Pablo de Olavide
Sevilha, Espanha

 

Perspetivas de Futuro Africanas/Diaspóricas: Novas Visões sobre o Poder, Intervenções, Imaginações e Pertença

7 a 11 de novembro de 2017, Sevilha, Espanha

Em 2015 as Nações Unidas deram início à Década Internacional de Afrodescendentes, destinada a reconhecer os descendentes da diáspora africana como um grupo distinto, cuja dignidade e direitos têm sido violados por todo o mundo. A Década Internacional de Afrodescendentes representa um compromisso global continuado no sentido de reconhecer, proteger e promover uma justiça social e inclusiva para os membros da diáspora africana. Atualmente, a Europa é um dos epicentros desse combate urgente contra as sistemáticas e prolongadas desigualdades sociais. As políticas de exclusão racial, particularmente as que envolvem africanos e afrodescendentes, tornam a colocar projetos racialmente facciosos na base da construção das suas nações.

A proteção e a promoção dos direitos humanos adquiriu maior importância e urgência com a crise de migração africana, bem como com outras migrações forçadas e semiforçadas com origem na Ásia Ocidental e na Europa de Leste. À medida que estes indivíduos e grupos têm vindo a procurar refúgio e uma participação humana e equitativa nas sociedades europeias, têm também vindo a colocar em causa os conceitos de formação do Estado e de cidadania já existentes, e continuam a forçar a criação de novas expressões e noções de “lar” e de pertença. Estes fluxos migratórios atuais são novas manifestações de uma longa relação entre a Europa e África, e entre a Europa e a diáspora africana, a qual abarca vários séculos.

A ASWAD convida à apresentação de propostas de painéis e artigos individuais no âmbito da sua 9.ª conferência bienal, que vai ter lugar em Sevilha, Espanha, entre os dias 7 e 11 de novembro de 2017, no campus da Universidade Pablo de Olavide, com vista a debater, examinar e refletir sobre a natureza crítica das interações e transformações que os afrodescendentes experienciam na sua diáspora, particularmente num contexto europeu. Enquanto organização interdisciplinar, a ASWAD convida à apresentação de artigos de académicos que façam luz sobre as vidas dos africanos e dos afrodescendentes e que podem ser oriundos das mais variadas disciplinas, incluindo das ciências sociais, ciências físicas, ciências da vida e artes performativas. Procuramos colaborar com comunidades intelectuais e de ativistas através de um diálogo sistemático sobre a diáspora, a raça e a cidadania, bem como sobre os padrões históricos e contemporâneos de formação racial.

Para além de académicos, a ASWAD estende o convite a artistas, ativistas, jornalistas e estudiosos independentes com um interesse específico sobre a diáspora africana. Estamos especialmente empenhados na criação de uma plataforma para grupos de negros europeus e ONG.

Encorajamos a apresentação de propostas que estejam em consonância com o tema da conferência. Os temas sugeridos para o painel incluem, entre outros:

  1. A Diáspora Africana, os Estados Modernos e as (Re)Concepções de Cidadania
  2. Humanitarismo e Direitos Humanos na Diáspora Africana Global
  3. O Movimento “Black Lives Matter” pelo Mundo
  4. A Diáspora Africana, os Aspetos Económicos e a Imigração para a/na Europa
  5. Religião, Poder e Costumes na Diáspora Africana
  6. A Diáspora Africana e as Artes e o Ativismo na Europa
  7. Espanha e a Diáspora Africana
  8. Escrever e Traduzir a Diáspora Africana e as Identidades Negras na Europa
  9. A Década Internacional de Afrodescendentes das Nações Unidas
  10. Música e Artes Performativas em África e na Diáspora Africana
  11. Pedagogia, Ensino Superior e Ativismo
  12. Constructos Sociais sobre a Comunidade Negra LGBTQIA
  13. Trabalho e Organização em Contextos Locais e Internacionais
  14. Ativismo e as Novas Tecnologias e Meios de Comunicação Social
  15. Perspetivas de Futuro para a Diáspora Africana: Desafios e Oportunidades
  16. Ingredientes para o Futuro: Reimaginações Coletivas Através da Migração
  17. Reimaginar os Espaços Sociais e as Identidades Coletivas

A cidade de Sevilha foi classificada como património mundial pela UNESCO. Trata-se de uma antiga capital medieval de reinos euroafricanos, tanto muçulmanos como cristãos, tendo sido posteriormente o centro do império mundial espanhol no início da era moderna. A cidade é um eixo central da história da diáspora africana, com uma herança viva de ligações entre a Europa, a América e África. A Universidade Pablo de Olavide, organizadora da conferência de 2017 da ASWAD, tem vindo a comprovar o seu empenho na cooperação internacional e na justiça social.

 

Destaques para 2017
(mais informações em breve):

 

Sexta-feira, 10 de novembro
As Raízes Africanas e Afro-americanas do Flamenco

Gratuito e aberto a todas as pessoas inscritas na conferência
Workshop e espetáculo: Paraninfo, Universidade Pablo de Olavide

Esta atividade (que combina uma atuação de Flamenco com artistas profissionais de topo que irão colaborar no evento e uma exposição e instalação) está prevista para o momento de encerramento da conferência (sexta-feira à noite). Irá associar imagens, explicações breves e atuações de Flamenco para apresentar esta forma de arte (música, canções e dança) aos participantes na conferência. O Flamenco é uma experiência artística intensa, criada por marinheiros, escravos e trabalhadores portuários através da mistura nascida da viagem da música africana para a Andaluzia, da Andaluzia para a América e de volta à Andaluzia, espelhando os fluxos da diáspora africana na evolução da sua própria música e dança.

 

Sexta-feira, 11 de novembro
A Rota de Escravos entre Sagres e Sevilha: Da Idade Média aos Nossos Tempos

Necessita de inscrição prévia: 80€. Número de lugares limitado
Receção: Os participantes terão autocarros para os transportar desde os hotéis
Importante: Trazer um passaporte válido para o espaço Schengen

Esta excursão, com a duração de um dia, irá levar-nos ao castelo de Sagres e à sua vista panorâmica, no extremo sul de Portugal, local onde os portugueses deram início, no século XV, à conquista de África, ao tráfico de escravos e às trocas comerciais com este continente. A partir daí, regressaremos a Sevilha através da rota que era utilizada para transportar os escravos para esta cidade. Faremos uma paragem em Lagos, o mais antigo mercado de escravos construído na Europa. Seguidamente, atravessaremos o rio Guadiana para entrar em Espanha, na zona de Aiamonte, Gibraléon e Niebla, onde existe desde há longa data uma presença significativa de afrodescendentes (que chegaram em navios negreiros e de pesca), os quais constituem os únicos grupos em Espanha que preservaram a sua memória histórica, nome e identidade num contexto de pobreza e isolamento e sujeitos à curiosidade sem escrúpulos dos jornalistas, especialmente entre as décadas de 1950 e 1970.

Seguidamente, faremos a ligação com a atual migração africana para a região de Huelva, resultante do rápido crescimento do cultivo intensivo de morangos, um trabalho extremamente árduo, realizado sob condições económicas e sociais bastante difíceis. Em 2004, a problemática das condições de trabalho dos trabalhadores africanos na agricultura espanhola resultou em conflitos a nível local, tendo acabado por originar um movimento de protesto de âmbito internacional. Tanto as associações locais como as ONG mantêm o seu esforço de melhoria das condições de vida dos migrantes recentes.

 

Terça-feira, novembro 7, sábado, novembro 11
Passeio a Pé pela Sevilha Africana: Herança e Ativismo

Gratuito e aberto a todas as pessoas inscritas na conferência
Necessita de inscrição prévia
Ponto de encontro: Estação de Metro de San Bernardo

Este passeio a pé por Sevilha permitirá aos participantes explorar as ligações centenárias entre a cidade e o continente africano. O percurso inclui inúmeros locais historicamente significativos, desde os passos da Catedral onde os escravos eram vendidos, até às atuais associações e locais de ativismo e encontro, fazendo a ligação entre os séculos de tradições das irmandades de negros (“negritos”) e mestiços (“mulatos”) e a marca de artistas únicos como o artista de origem cubana Antonio Machin.

 

Instruções para a Apresentação de Propostas

No processo de apreciação será dada prioridade às propostas de painel completo. Os proponentes devem apresentar propostas com o máximo de 200 palavras e painéis temáticos compostos por um número máximo de quatro conferencistas, acompanhados por um possível moderador. As propostas têm de incluir resumos dos artigos com não mais do que 150 palavras e biografias com um máximo de 50 palavras por apresentador. Todos os participantes têm de ser membros da ASWAD com a sua situação regularizada à data da apresentação dos artigos. O prazo para a apresentação das Propostas de Painel/Artigos termina a 17 de março de 2017, estando previsto o aviso de aceitação para 21 de abril de 2017. A confirmação da participação e o pagamento da inscrição na conferência devem ser efetuados até 30 de junho de 2017.

Submissão da proposta

 

Sessões de Orientação:

A conferência de 2017 da ASWAD contará com sessões de orientação abertas aos participantes inscritos na conferência (os detalhes sobre a inscrição serão publicados em data posterior).

  • Ser Professor Enquanto Negro(a): Navegar pelos Processos de Integração nos Quadros e de Promoção (dirigida aos profissionais em início e meio de carreira)
  • Construir uma Carreira Sustentável no Meio Académico (dirigida a profissionais pós-graduados avançados e em início de carreira, com a intervenção de conferencistas que irão debater os mercados de trabalho para doutorados e os mercados de trabalho alternativos, bem como a preparação de materiais para o mercado académico)
  • Construir uma Carreira Pós-Graduada Sustentável (dirigida para profissionais em ascensão e em início de carreira)

 

Alojamento/Reservas de Hotel:

Sevilha é um destino turístico muito procurado, que oferece alojamento de vários tipos e para as mais variadas carteiras. Estão disponíveis preços especiais para os participantes na conferência da ASWAD de 2017 nos seguintes hotéis, os quais foram selecionados pela conveniência da sua localização e pela boa ligação de transportes públicos ao campus da Universidade de Pablo Olavide (principal local da conferência), à zona histórica da cidade e a todos os principais centros de transportes.

Nota:  Você deve emitir pelo correio eletrônico o contato selecionado do hotel para fazer reservas com a tarifa da conferência.

 

Hotel NH Sevilla Collection

Avda Diego Martinez Barrio, 8, 41013 Sevilla
Contato: Manolo Cortés
Email: nhcollectionsevilla@nh-hotels.com
Tel: +34 954 54 85 00
http://www.nh-hoteles.es/hotel/nh-collection-sevilla

  • Código(s) de desconto: ASWAD (Envie por correio electrónico Manolo Cortés para fazer uma reserva com código do disconto; nhcollectionsevilla@nh-hotels.com)
  • Final do prazo para o preço especial para participantes: 1 SETEMBRO DE 2017

. Quarto Duplo para utilização individual: 104€+ 10% de IVA por noite e quarto.

. Quarto Duplo: 155€+ 10% de IVA por noite e quarto.

 

Hotel NH Sevilla Viapol

Calle Balbino Marrón, 9, 41018 Sevilla
Contato: María Pérez
Email: nhviapol@nh-hotels.com
Tel: +34 954 64 52 54
http://www.nh-hoteles.es/hotel/nh-sevilla-viapol

  • Código(s) de desconto: ASWAD (Envie por correio electrónico María Pérez para fazer uma reserva com código do disconto; nhviapol@nh-hotels.com)
  • Final do prazo para o preço especial para participantes: 1 SETEMBRO DE 2017

. Quarto Duplo para utilização individual: 99€+ 10% de IVA por noite e quarto.

. Quarto Duplo: 140€+ 10% de IVA por noite e quarto.

 

Hotel Hesperia Sevilla

Av. Eduardo Dato, 49, 41018 Sevilla
Contato: Antonio Silva
Email: a.silva@nh-hotels.com
Tel: +34 954 54 83 00
http://www.nh-hoteles.es/hotel/hesperia-sevilla

  • Código(s) de desconto: ASWAD (Envie por correio electrónico o Silva de Antonio para fazer uma reserva com código do disconto; a.silva@nh-hotels.com)
  • Final do prazo para o preço especial para participantes: 1 SETEMBRO DE 2017

. Quarto Duplo para utilização individual: 99€+ 10% de IVA por noite e quarto.

. Quarto Duplo: 140€+ 10% de IVA por noite e quarto.

 

Hotel Sevilla Center

Av. de la Buhaira, 24, 41018 Sevilla
Reservar um quarto, email aswad@viajesorinoco.com
Tel: +34 954 54 95 00
http://www.hotelescenter.es/hotel-sevilla-center/

. Quarto Duplo para utilização individual: 95€+ 10% de IVA por noite e quarto.

  • Código(s) de desconto: Nenhum código necessário
  • Final do prazo para o preço especial para participantes: 1 SETEMBRO DE 2017

 

NH Collection Sevilla: nhcollectionsevilla@nh-hotels.com
Manolo Cortés

 

NH Viapol: nhviapol@nh-hotels.com
María Pérez

 

Hesperia Sevilla: a.silva@nh-hotels.com
Antonio Silva

 

Informações sobre os transportes:
Aeroporto(s) mais próximo(s)

Sevilha
O aeroporto da cidade de Sevilha (Sevilla San Pablo) tem boas ligações com a zona onde ficam situados os hotéis. A viagem demora cerca de 20 minutos, tanto de táxi (22€ a 25€) como pelo autocarro do aeroporto (4€ por pessoa).

Málaga
O aeroporto Malaga Costa del Sol, situado em Málaga – uma importante estância de férias junto ao Mar Mediterrâneo – tem ligações diretas com vários destinos da Europa e do resto do mundo. Os transportes para Sevilha são frequentes e confortáveis. Existe um comboio pendular no aeroporto que transporta os viajantes diretamente para a estação principal de Málaga (1,70€ por pessoa), de onde partem comboios aproximadamente a cada hora para a estação de Santa Justa, em Sevilha (24€ a 40€, dependendo da hora e da velocidade). Aconselha-se vivamente a reserva online dos bilhetes para as viagens de longa distância em: http://www.renfe.com. A principal estação de camionetas de Málaga está situada mesmo junto à sua principal estação de comboios (Maria Zambrano). Estão disponíveis ligações diretas por camioneta, sem paragens, entre Málaga e Sevilha (19€ a 26€ por pessoa). Os horários e os bilhetes podem ser obtidos em: http://www.alsa.com Note-se que o destino da camioneta em Sevilha é a estação de Plaza de Armas (ver abaixo).

Madrid
O aeroporto de Madrid (Madrid Barajas-Alfonso Suarez) tem ligações com a maior parte dos países do mundo. Há vários voos diários entre Madrid e o aeroporto de Sevilha.

O transfer por comboio entre Madrid e Sevilha é também uma boa opção. Existe um comboio pendular no aeroporto que transporta os viajantes até à estação de Madrid-Atocha (1,70€ por pessoa), a partir da qual saem comboios de alta velocidade para Sevilha, em intervalos de aproximadamente uma hora (40€ a 80€ por pessoa). A viagem até à Estação de Santa Justa tem a duração de 2 horas e 30 minutos. Aconselha-se vivamente a reserva online dos bilhetes para as viagens de longa distância em: www.renfe.com

  • Estação de comboios
    A principal estação de comboios com ligação entre Sevilha e Málaga (1h55m) e Sevilha e Madrid (2h30m) por comboio de alta velocidade é a estação de Santa Justa. Aconselha-se vivamente a reserva online dos bilhetes para as viagens de longa distância em: www.renfe.com
  • ¥ Estação de camionetas de Plaza de Armas
    A principal estação de camionetas é a estação de Plaza de Armas, situada junto ao rio. Oferece uma ligação direta a Málaga (viagem de 3 horas, bilhetes disponíveis em www.alsa.es) e a Madrid (viagem de 6 horas, bilhetes disponíveis em www.socibus.es).

 

Transportes para a conferência:

Os hotéis propostos para a conferência beneficiam de uma ligação direta por metropolitano (só existe uma linha) para o Campus de Pablo de Olavide a partir da paragem de San Bernardo (NH Viapol, NH Collection e Sevilla Center) ou da paragem de Nervión (Hesperia). Tanto o metro como o elétrico (só existe uma linha) fazem a ligação entre a zona dos hotéis e a zona histórica da cidade.

 

Refeições em conferências:

Almoço e café / chá incluído para todos os participantes registrados.

 

Comissão Responsável pelo Programa

  • Sonya Maria Johnson (Co-Presidente)
  • Benjamin Talton (Co-Presidente)
  • Peggy Piesche
  • Walter Rucker
  • Deborah Thomas

 

Comissão de Organização Local (LAC)

  • Herman Bennett
  • Evelyne Laurent-Perrault
  • Igor Pérez Tostado

 

Todos os inquéritos da conferência (à excepção da submissão e da sociedade da proposta) devem ser enviados a: aswadprogram2017@gmail.com